5 motivos para experimentar o processo do visagismo

1) É um processo que adapta o seu visual com a sua personalidade

O visagismo leva em consideração o que você é, como você pensa. A proposta central é tentar, através do visual, externalizar a sua personalidade. Ou seja, o seu corte de cabelo, cor, forma e maquiagem irão conversar com os seus princípios, idéias e ideais. Legal, né?

 

2) Não é apenas uma repaginada de salão. O Visagismo possui apetrechos únicos

O espelho possui três lados para que a pessoa se veja em três ângulos diferentes. Assim, se pode ter uma noção exata de como o visual está combinado com os traços do rosto. Ah, e por falar em traços, o Visagismo mede cada cantinho do rosto para entender, milimetricamente, qual visual é o ideal para aquela pessoa.

3) O Visagismo começou com o desejo das pessoas de se diferenciarem do padrão

Em 1937, Fernand Aubry criou a palavra visagisme para designar a arte de criar uma imagem pessoal personalizada. O conceito do visagismo já existe há milênios. Muitos pessoas se destacaram por terem uma imagem personalizada e, claro, qualquer estilo é uma manifestação indivudual. Um exemplo disso são as culturas africanas indígenas.

No entento, e é aí que vem a parte mais interessante, nas culturas ocidentais e orientais a estilização da imagem era uniformizada e seguia padrões estabelecidos pela elite. No início do século XX, então, as pessoas pertencentes às elites culturais procuraram se diferenciar, através do estilo, das elites de poder.

 

 

4) Não cair em armadilhas de famosos

Quem aí lembra da Maria Ísis, da novela Império? Ela tinha um caso com o Comendador (Alexandre Nero). Quando Marina Ruy Barbosa cortou a cabeleira ruiva para interpretar a ninfeta, a atriz apostou em um long bob despojado. Dito e feito: as fãs da ruiva foram ao salão e pediram *** igualzinho. Entretanto, o resultado não foi como todo esperava. E isso aconteceu, claro, porque nem todo mundo tem os traços da Marina, né? (bem que a gente queria!)

 

5) Se sentir linda faz um bem DANADO, aponta estudo

E nenhum cientista precisa comprovar isso. Existe alguma coisa melhor do que acordar, se olhar no espelho e se amar? “Nossa, me sinto bonita hoje” e o dia inteiro muda de astral: trabalho, locomoções, relações e até o happy hour fica mais leve e alegre. Ah, é bom sorrir pra gente mesmo né? É isso que o Visagismo faz: te sentir bem com você mesma.

Gostou?

Então conversa com a gente e agende seu horário!

Beijos,

Gylson Collares Visagismo & Beleza.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *